Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Iniciar sessão

Cimeira da família clama por Segurança Social para combater a pobreza

01-12-2012
Mais de 200 pessoas de diferentes países participaram, de 05 a 07 de Dezembro de 2011, da sétima Cúpula Mundial da Família em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, sobre a pobreza e como ela afecta a família.
 
Alzira Guima, vice-presidente das actividades técnicas da Organização Mundial da Família, disse que investir num programa de protecção social é investir em justiça social e desenvolvimento económico. “Regimes de protecção social são ferramentas importantes para reduzir a pobreza e a desigualdade” pois “ajudam a evitar que indivíduos e suas famílias caiam ou permaneçam em situação de pobreza”.
 
Maria do Rosário Fidalgo, assessora da Comissão para a Cidadania e Igualdade do Género, disse que o abono de família facilita o acesso à educação que ajuda a quebrar o ciclo da pobreza e defendeu que o acesso aos cuidados de saúde ajuda as famílias a manter-se acima da linha da pobreza.
 
A República de Angola esteve representada nesta reunião por uma delegação do Ministério da Família e Promoção da Mulher (Minfamu), chefiada pela então titular da pasta, Genoveva Lino, e que integrava directores nacionais para a Política Familiar e para a Política de Género, técnicos do gabinete da ministra e outros quadros seniores.
 
O evento, que reflectiu em torno do tema “Famílias em Balanço: Trabalhar a nossa maneira Rumo ao Desenvolvimento Sustentável-Fazendo do Trabalho Digno e da Protecção Social uma realidade global para todos os membros da família”, abordou temas sobre a Promoção da capacidade produtiva, o emprego e o trabalho decente para a erradicação da pobreza no contexto da educação inclusiva, itens para o alcance dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio.
© 2021 Instituto Nacional de Segurança Social - República de Angola
República de Angola        Ministerio da Administração Publica Trabalho e Segurança Social    Centro de Documentação do INSS